Um blog sobre a "Não Verdade"

Um blog sobre a "Não Verdade"

terça-feira, 1 de junho de 2010

O Sexo, a Cidade e o Exagero.


                                E que tal se a releitura dos 90's não envolvesse roupas de jornal?

Chegou aos cinemas brasileiros o segundo filme do extinto seriado (que dispensa apresentações) Sex And The City, um verdadeiro terror que poderia perfeitamente ter sido estrelado por Paris Hilton, Minie Mouse, Victória Beckham, e é claro, tendo Lady Gaga como figurinista.
As senhoras do filme, nem de longe lembram as ótimas e perspicazes amigas que de 98 a 2004 traduziam, com muito mais glamour, os desejos de todas as mulheres existêntes no planeta: Um vestido de grife e o homem certo. Fazendo-as crer que NYC era um "estado de espírito".
O filme é cheio de clichês, Carrie, Miranda, Samantha e Charlote são caricaturas delas mesmas, há passagens ora constrangedoras, ora ridículas, como a estapafúrdia viagem aos Emirados Árabes, capaz de fazer corar até mesmo o próprio Aladin.


Uma miragem trash? Patricia Field, o que houve com você?

O longa ainda tem rápidas participações especiais, como a de Liza Minele dançando Sigle Ladies (Oh Deus, por que ela fez isso? ) e de Penelope Cruz, linda e espanhola, que aparece por quase um minuto usando um vestido preto causando um apelo no meu coração "continue ai mesmo, Penélope". Em vão, continua o bombardeio de piadas ruins, roupas feias e sequências desconexas.


E até num musical o filme se transforma, saudade da terceira temporada.


Carrie B, resume o filme bem no início "Cisnes nunca são exageros", bem, cisnes talvez não, mas um Sex And The City 3, seria um elefante no lugar de cisnes.


 Carrie Barbra Streisend.


Charlote Minie Mouse.


PS: Vá na locadora e pegue as temporadas, são seis e especialmente a terceira e a quinta valem muito a pena.

4 comentários:

Rafita disse...

bem, não sou apta pra falar de sex and the city, na época que eu era um litlle girl ainda gostar de ouvir e ver clips do sid vicios baixista do sex pistols nas eme-tê-ves da vida...
no mais, nada de releitura de óculos & cia de jornal... se for de hq ainda vai...
bjs

Marco Antonio L disse...

é o tipo de coisa que poderia ficar só em série mesmo, né. não precisava nem de um primeiro filme, quanto mais de um segundo...

Carlos disse...

deve dizer que vi pouco a série, mas admito que gostei..
mas acho que deve me assustar mesmo com o filme. e voccê detestando ainda

Lico Veloso disse...

Também não gostei da sequência do longa. Também tenho a terceira temporada como minha preferida. Adorando o Blog!!!
Congrats!!!